Informações básicas para solicitar bolsas e editais abertos

O aluno do Programa de História Social da Universidade de São Paulo tem dois caminhos regulares para solicitar bolsas de estudo no país, de mestrado e doutorado.

  1. Bolsas da Cota do Programa – CAPES/CNPQ  – estas bolsas são distribuídas pela Comissão de Bolsas do Programa a partir de critérios informados em editais anuais , e que podem aproveitar as notas do processo seletivo, como a prova metodológica ou de projeto, para compor as notas finais no ranking de espera para bolsas. À medida em que as cotas são liberadas, pela defesa dos alunos já bolsistas, os que estão na lista de espera são chamados pela secretaria do Programa para confirmar seu interesse e enviar os dados pessoais para cadastro nas duas agências.
  2. Bolsas FAPESP – Estas bolsas são solicitadas diretamente à FAPESP, por meio eletrônico pelo próprio aluno, com aval do seu orientador e assinatura do Chefe de Departamento (e não do Coordenador do Programa de Pós).

Lembramos que o bolsista não pode ter vínculo empregatício a não ser nos seguintes casos:

- CAPES: a) Profissional da saúde ou educação públicas; b) caso consiga algum trabalho em sua área de pesquisa, posteriormente à aquisição da bolsa.

- CNPQ: a) professor substituto em Universidades Públicas; Professor efetivo em Universidades públicas a mais de 500 Km da sede do Programa (no caso, de São Paulo/SP).

Além destas bolsas regulares no país, o aluno poderá pleitear bolsas específicas em outras agências públicas ou privadas, no Brasil ou no exterior.