FAQ

PERGUNTAS FREQUENTES
__________________________________

1 COMO POSSO INGRESSAR NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA SOCIAL?

​​​​​​​O ingresso no PPGHS/USP é por seleção pública, regulamentado por Edital de Processo Seletivo anual próprio que apresenta todas as etapas de avaliação, critérios, restrições e documentos obrigatórios. O Edital, normalmente, é publicado entre maio e junho no Diário Oficial do Estado e na página web do Programa: http://ppghs.fflch.usp.br/.​​​​​​​

2 NÃO SOU ALUNO, MAS QUERO CURSAR ALGUMA DISCIPLINA OFERTADA PELO PROGRAMA. O QUE DEVO FAZER?

Na modalidade “aluno especial”, o interessado poderá se inscrever, desde que preencha os pré-requisitos e mediante ao pagamento de taxa, em qualquer disciplina de pós-graduação com vagas disponíveis para este tipo de aluno.

3 HÁ SELEÇÃO POR COTAS ÉTNICO-RACIAIS NO PROGRAMA?

Sim. Desde 2020, o Programa aderiu ao modelo de cotas étnico-raciais para negros, cujo percentual e regulamentação é informado no Edital do Processo Seletivo anual. 

4 COMO ALUNO DO PPGHS, DEVO PAGAR ALGUM VALOR PARA ESTUDAR NO PROGRAMA?

​​​​​​​Não, o ensino é público e gratuito.   

5 PRECISO TER CONTATO PRÉVIO COM ALGUM DOCENTE PARA INGRESSAR NO PROGRAMA? 

​​​​​​​Não. A seleção é pública e conduzida por uma Comissão de Seleção. Entretanto, desde que fora do período seletivo, não há óbice para contato de candidatos com docentes.

6 SOU ESTRANGEIRO, COMO DEVO FAZER PARA INGRESSAR NO PROGRAMA DE HISTÓRIA SOCIAL?

Na página web do Programa o candidato estrangeiro encontrará informações em inglês e espanhol sobre o processo seletivo e as formas de ingresso para estrangeiros.

7 AINDA NÃO TERMINEI A GRADUAÇÃO OU O MESTRADO. POSSO ME INSCREVER NO PROCESSO SELETIVO?

Esta informação deverá ser verificada em cada Edital de Processo Seletivo, anualmente.  

8 FUI APROVADO NO PROCESSO SELETIVO, O QUE DEVO FAZER?

Se seu nome constar na lista de aprovados no Processo Seletivo, você deve entrar em contato com a Secretaria de Pós-Graduação pelo e-mail spghisto@usp.br e confirmar seu interesse na matrícula, preenchendo o formulário próprio. Para se matricular no PPGHS, o candidato deve ter sanado todas as pendências documentais até o prazo limite informado no Edital. Caso contrário, não obterá homologação de matrícula.

9 COMO É O PROCESSO DE MATRÍCULA DE INGRESSANTES?

Depois da homologação da aprovação de matrícula pelo colegiado e da confirmação de interesse de matrícula pelo candidato, com a devida indicação de um orientador (condição obrigatória para a matrícula), o novo aluno receberá um “número USP” para interagir com os sistemas eletrônicos da Pós-Graduação, realizar consultas e efetivar a matrícula em disciplinas. Caso o novo aluno tenha sido aluno de graduação ou aluno regular de pós-graduação na USP, o número USP permanecerá o mesmo.

10 COMO ENTRAR EM CONTATO COM O ORIENTADOR INDICADO?

A primeira providência do ingressante é entrar em contato com o orientador que lhe foi atribuído no Processo Seletivo e confirmado no ato de matrícula. Sugerimos marcar horário para conversa inicial de planejamento de atividades letivas e de pesquisa. Em alguns casos, por falta de vagas de um orientador específico, o ingressante poderá ser matriculado em “Orientação Acadêmica” com o Coordenador do Curso. Esta é uma providência burocrática para viabilizar a primeira matrícula do ingressante. O novo aluno possui prazo de 4 meses para transferência a um orientador definitivo.  

11 COMO É FEITA A ESCOLHA DE DISCIPLINAS?

A cada semestre, o PPGHS informa sua grade horária de disciplinas de pós-graduação. Com o número USP e o acesso ao sistema eletrônico da pós-graduação, o aluno deverá escolher as disciplinas que pretende cursar entre aquelas oferecidas pelo PPGHS ou por outros programas de pós-graduação da USP. Atenção, pois há um período específico a cada semestre para esta operação. Sugerimos que os alunos não se inscrevam em mais de duas disciplinas, dada a grande carga de leitura e atividades.

Preste atenção, pois existem  disciplinas de curta-duração ministradas por professores visitantes, que muitas vezes não aparecem na grade horária regular e são informadas de forma descontínua no website ou por mailing. O processo de matrícula, neste caso, deve ser realizado junto à Secretaria.  

12 JÁ SOU ALUNO, COMO POSSO VERIFICAR MEUS PRAZOS E MINHA SITUAÇÃO ACADÊMICA?

Todas as informações sobre o aluno (créditos obtidos, prazos para qualificação e depósito do trabalho final , etc.)  estão informadas na Ficha Escolar disponível no sistema eletrônico da USP.

13 MESMO SEM CURSAR DISCIPLINAS, EU PRECISO ME MATRICULAR?

Sim. Mesmo que o aluno não tenha necessidade de cursar disciplinas, ele deverá realizar sua “matrícula de acompanhamento” nos prazos informados pela Faculdade e pelo Programa de Pós-Graduação.

14 ESQUECI DE FAZER A MATRÍCULA DE ACOMPANHAMENTO, O QUE DEVO FAZER?

Caso o aluno se esqueça de fazer a matrícula semestral de acompanhamento, ele deverá entrar em contato, o mais rapidamente possível, com spghisto@usp.br para regularizar sua situação, seguindo os procedimentos vigentes. Em caso de dois semestres consecutivos sem matrícula de acompanhamento, o aluno é automaticamente desligado do Programa. 

15 COMO É FEITA A CONTAGEM DE CRÉDITOS E QUAIS OS CRÉDITOS MÍNIMOS PARA MESTRADO E  DOUTORADO?

O acúmulo de créditos até a chamada de “integralização dos créditos mínimos” é feita de várias maneiras. O mais importante é saber que há uma exigência de créditos mínimos para que o aluno possa se inscrever no Exame de Qualificação, etapa fundamental de seu curso. As normas podem variar conforme o regimento vigente mas, via de regra, são exigidos 24 créditos para o Mestrado e 16 para o Doutorado, que podem ser complementados pelo aproveitamento de disciplinas (que podem valer 2, 4, 6 ou 8 créditos, conforma a carga horária), pela solicitação de créditos especiais atribuídos pela publicação de artigos, livros ou trabalhos em anais de eventos científicos, ou pela realização do Programa de Aperfeiçoamento do Ensino (PAE), que vale 2 créditos.

16 COMO EU FAÇO PARA TER UMA BOLSA DE ESTUDOS?

O PPGHS possui uma Comissão de Bolsas que anualmente renova a lista de candidatos a bolsas CAPES e CNPq administradas pelo Programa. Como a cota de bolsas é fixa, somente após a conclusão de um mestrado ou de um doutorado, há liberação de bolsa e a opção de transferi-la a um novo aluno. A partir de 2021, a lista passará a ser a mesma lista de ingresso, mas esta regra poderá sofrer alterações. Fique atento aos Editais da Comissão de bolsas do Programa.

Outra maneira de pleitear uma bolsa é junto à FAPESP. Neste caso, é um processo que não passa pela Coordenação do Programa e deve ser solicitada com aval do orientador, junto àquela agência.

17 NÃO TENHO BOLSA, POSSO PEDIR ALGUM AUXÍLIO FINANCEIRO AO PROGRAMA?

Dependendo das disponibilidades orçamentárias, o Programa poderá auxiliar financeiramente os alunos em atividades como participação em eventos científicos e trabalhos de campo no Brasil e no Exterior. Busque mais informações sobre os critérios e procedimentos no website.

18 COMO SOLICITAR TRANCAMENTOS, TRANSFERÊNCIAS DE ORIENTAÇÃO, APROVEITAMENTO DE DISCIPLINAS CURSADAS ANTES DO INGRESSO, PRORROGAÇÕES DE PRAZO PARA DEPÓSITO DA TESE, ETC?

As solicitações previstas nas normas da USP e do Programa são feitas online na página web do Programa. Procure conhecer a documentação exigida, as normas e os procedimentos lendo as normas internas do Programa e o Regimento de Pós-Graduação da USP, disponíveis na página web do Programa. Cabe ao orientador autorizar as solicitações antes do envio ao colegiado.

19 O QUE É O EXAME DE QUALIFICAÇÃO?

O Exame de qualificação é uma exigência das normas do PPGHS para dar prosseguimento à etapa final do seu curso, voltada para a redação da tese ou da dissertação. Trata-se de um exame oral onde é apresentado um relatório, cujo formato e critérios de avaliação são informados nas normas regimentais disponíveis na página web. É importante não perder o prazo de inscrição no exame de qualificação, pois a perda acarretará no desligamento automático, efetuado pelo sistema eletrônico da USP.

20 FUI REPROVADO NO EXAME DE QUALIFICAÇÃO, O QUE DEVO FAZER?

O aluno reprovado tem direito a realizar novo exame, de acordo com os prazos regimentais. No caso de uma segunda reprovação, o aluno será desligado do Programa.

21 EU PRECISO ENTREGAR ALGUM TIPO DE RELATÓRIO AO PROGRAMA OU AO ORIENTADOR?

Anualmente, todos os alunos devem entregar o Relatório Discente, em formulário próprio disponível na página web ou enviado por e-mail, até a data informada. Os alunos inadimplentes não poderão solicitar auxílios, disputar editais de apoio e fomento e os bolsistas CAPES/CNPQ terão suas bolsas suspensas. É desejável que o aluno frequente eventos científicos, publique resumos e trabalhos completos e outros textos em revistas científicas ou em formato de capítulos ou livros, informando as referências completas nos relatórios discentes anuais.

Além deste relatório, o orientador poderá solicitar um relatório adicional, para avaliar a qualidade da pesquisa e o compromisso com o curso. Em caso de não aprovação deste relatório, o orientador poderá solicitar ao colegiado coordenador o desligamento do aluno por mau desempenho acadêmico. 

22 COMO É FEITA O DEPÓSITO DA TESE/DISSERTAÇÃO

Todas as informações sobre os procedimentos e sobre a documentação exigida para o depósito da tese/dissertação devem ser buscadas no link próprio da página da Seção de Pós-Graduação da FFLCH: http://pos.fflch.usp.br/

Assim que a tese for depositada, com a devida informação sobre os membros titulares e suplentes da banca examinadora, o pedido será apreciado pela Comissão de Pós-Graduação da Faculdade (FFLCH), que reúne todos os coordenadores de pós-graduação da unidade. Um vez aprovada a banca, o orientador já poderá agendar a data de defesa, entrando em contato com o Serviço de Pós-Graduação da FFLCH.

23 TENHO OUTRAS DÚVIDAS, COM QUEM DEVO FALAR?

Dúvidas básicas que não foram atendidas nesse FAQ poderão ser encaminhadas à Secretaria de Pós-Graduação (spghisto@usp.br). Casos mais complexos deverão ser solicitados para encaminhamento junto à Coordenação do Programa.