Adone Agnolin

Graduação (Láurea) em Filosofia e especialização em História das Religiões, junto à “Università degli Studi di Padova”, Itália (1987). Doutorado em Sociologia (1998) e Pós-Doutorado em História Social (2000-2003), junto à Universidade de São Paulo (USP), Brasil. Desde 2003, Professor Doutor em História Moderna no Departamento de História da Universidade de São Paulo.

Já integrante do Projeto Temático de pesquisa, do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), "Missões Cristãs e Populações Indígenas: o problema da mediação cultural": com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); e do Projeto Temático "Dimensões do Império Português", do Departamento de História - FFLCH-USP, Cátedra 'Jaime Cortesão' e (FAPESP): no interior do qual foi, também, coordenador do Núcleo Temático "Religião e Evangelização".

Atua, sobretudo, na área de História Moderna, com ênfase em: História Moderna e Colonial; História das Religiões; História da Reforma e da Contra-Reforma; Catequese, Missionação e Mediação Cultural entre Europa, América e Ásia; Antropologia Histórica.

Sala: 
N2
Email: 
adone@usp.br
Linha de Pesquisa: 
Escravidão e História Atlântica
História da Cultura
Livros: 
O APETITE DA ANTROPOLOGIA - O Sabor Antropofágico do Saber Antropológico: alteridade e identidade no caso tupinambá. São Paulo, Associação Editorial Humanitas, 2005. JESUÍTAS E SELVAGENS - A Negociação da Fé no encontro catequético e ritual americano - séculos XVI-XVII. São Paulo, Humanitas/FAPESP, 2007.
Artigos: 

O APETITE DA ANTROPOLOGIA - O Sabor Antropofágico do Saber Antropológico: alteridade e identidade no caso tupinambá. São Paulo, Associação Editorial Humanitas, 2005.

JESUÍTAS E SELVAGENS - A Negociação da Fé no encontro catequético e ritual americano - séculos XVI-XVII. São Paulo, Humanitas/FAPESP, 2007.

Capítulos de Livros: 

Catequese e Tradução: gramática cultural, religiosa e lingüística do encontro catequético e ritual nos séc. XVI-XVII. In: "Deus na Aldeia: missionários, índios e mediação cultural". Paula Montero (Org.). São Paulo, Editora Globo, 2006.