Francisco Carlos Palomanes Martinho

Professor do Departamento de História da USP desde março de 2010. Professor Livre-docente do mesmo Departamento desde novembro de 2012. Foi professor do Departamento de História da UERJ entre 1995 e 2010. Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000) e mestre em História Contemporânea pela Universidade Federal Fluminense (1994). Em 2006 realizou seu pós-doutorado junto à Universidade de São Paulo e à Universidade de Lisboa. Pesquisador do CNPq, desenvolve atualmente estudo da relação entre os intelectuais portugueses e o Estado.

Sala
L2
Email
fcpmartinho@gmail.com
Linha de Pesquisa
Cultura e Poder
Livros
MARTINHO, F. C. P. O Estado Novo e a historiografia portuguesa: sobre a questão do fascismo. In: FREIRE, A; NUNES, J. P (Organização). Historiografias portuguesa e brasileira no século XX. Coimbra: Ed. Universidade de Coimbra, 2013, p. 111-146.
MARTINHO, F. C. P. A extrema direita portuguesa em dois momentos. In: Studia Histórica. Historia Contemporanea. Revista do Departamento de História da Universidade de Salamanca. Issn: 0213-2087. Vol. 30, 2012.
MARTINHO, F. C. P. A monografia de um tempo português. In: Tempo. Revista do Departamento de História da UFF. V. 31, 2012. p. 313-316.
MARTINHO, F. C. P. & FREIRE, A. Lembrar Abril: as historiografias brasileira e portuguesa e o problema da transição para a democracia. In: História da Historiografia. Vol. 10, p. 124, 2012.
MARTINHO, F. C. P; LIMONCIC, F (Org). Intelectuais do anti-liberalismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.
Capítulos de Livros
  • MARTINHO, F. C. P. Um outro intelectual: perspectivas historiográficas contemporâmeas. In: História da Historiografia. V. 9. p. 284-291.
  • MARTINHO, F. C. P. Corporativismo e organização do trabalho no Estado Novo português. In: Didier Musiedlak. (Org.). Les Expériences Corporatives dasn l'Aire Latine. Berne: Peter Lang, 2010, v. 53, p. 325-344.