Anita Waingort Novinsky

Nascida em Stachov, Polônia, naturalizada brasileira. Formada em Filosofia e livre docente pela Universidade de São Paulo. Fundadora e Presidente do Laboratório de Estudos sobre a Intolerância da Universidade de São Paulo, LEI e do Museu da Tolerância, a ser construído no Campus Universitário. Professora visitante em diversas universidades como Brown University; Rutgers New Brunschnik; Austin, Texas; “Directeur d’études” na Ècole dês Hautes Études em Sciences Sociales et Sciences religieuses, Paris. Ministrou palestras e seminários na Universidade de Tel Aviv, Israel; Universidade de Varsóvia; Universidade de Waseda, em Tóquio, entre outras.

Email: 
anitano@terra.com.br
Linha de Pesquisa: 
História da Cultura
Artigos: 
  • Inquisição. Cristãos Novos na Bahia. 11ª. Edição. Editora Perspectiva, São Paulo, 2007.
  • Gabinete de Investigação: uma “caça aos judeus” sem precedentes. Brasil-Holanda, séculos XVII e XVII. Editora Humanitas, São Paulo, 2007.
  • O Santo Ofício da Inquisição no Maranhão. A Inquirição de 1731. Editora Universidade Estadual do maranhão, São Luiz, Maranhão, 2006.
  • Inquisição: Prisioneiros do Brasil (séculos XVI-XIX). Editora Expressão e Cultura, Rio de Janeiro, 2002.
  • Novinsky, Anita e Kuperman, (org) Ibéria Judaica. Roteiros da Memória. Editora Expressão, rio de Janeiro e EDUSP, São Paulo, 1996.
  • Novinsky, Anita e Carneiro, Maria Luiza Tucci; (org) Inquisição. Ensaios sobre Mentalidades, Heresias e Arte. Editora Expressão e Cultura, Rio de Janeiro, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1992.
  • O olhar Judaico em Machado de Assis. Editora Expressão e Cultura, Rio de Janeiro, 1990.
  • Inquisição: Inventários de bens confiscados a cristãos novos no Brasil. Editora Imprensa Nacional. Casa da Moeda, Lisboa, 1978.
  • The Myth of the Marrano Names.:
  • Padre Antônio Vieira, a Inquisição e os Judeus.