Ana Paula Tavares Magalhães Tacconi

Ana Paula Tavares Magalhães é Doutora em História Medieval pela Universidade de São Paulo, com a tese “Contribuição à questão da pobreza presente na obra Arbor vitae crucifixae Iesu, de Ubertino de Casale”. Desenvolveu, nos níveis de Mestrado e de Doutorado, pesquisa a respeito dos conflitos no interior da Ordem Franciscana entre os séculos XIII e XIV. Atualmente, ocupa-se do tema das relações entre o império e o papado na obra política de Guilherme de Ockham (século XIV). É autora de conferências, cursos e artigos dedicados à evolução da Ordem Franciscana e às relações de poder no ocidente europeu na Baixa Idade Média. Desde setembro de 2004, é Docente do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), na disciplina de História Medieval. É membro da “Associação Brasileira de Estudos Medievais” (ABREM) e integra o GT de Estudos Medievais da Associação Nacional dos Professores Universitários de História (ANPUH).

Sala: 
O2
Email: 
apmagalh@usp.br
Linha de Pesquisa: 
Cultura e Poder
Artigos: 

A QUESTÃO DA PLENITUDO POTESTATIS EM GUILHERME DE OCKHAM: O SIGNIFICADO DE SUA OBRA POLÍTICA, in Relações de poder, educação e cultura na Antigüidade e Idade Média, org. Ruy de Oliveira Andrade, Santana de Parnaíba: Sollis, 2005.

O IMPÉRIO NA HISTORIOGRAFIA ALEMÃ DO SÉCULO XIX. XVIII Encontro Regional de História, ANPUH, Assis, 2006, Revista do IFCH-UNICAMP.

A PAZ COMO FINALIDADE DO ESTADO SOBERANO: O DEFENSOR PACIS (1324) DE MARSÍLIO DE PÁDUA. ANPUH-RJ, 2006.

CCP: 
Suplente (coord.)